«O homem começou a ver e seguia Jesus dando glória a Deus» S. Gregório Magno

  O Nosso Redemtor, prevendo que os discípulos ficassem perturbados com a sua Paixão, anuncia-lhes com muita antecedência os sofrimentos da sua Paixão e a glória da sua Ressurreição (Luc 18,31-33). Assim, vendo-o morrer como lhes anunciara, não duvidariam da sua Ressurreição. Mas, presos ainda à nossa condição carnal, os discípulos não podiam compreender estas…

«Não tenhas receio; de futuro, serás pescador de homens.» – Santo Antonio de Lisboa

«Porque tu o dizes, lançarei as redes». É por indicação da graça celeste, por inspiração sobrenatural, que se deve lançar a rede da pregação. Senão é em vão que o pregador lança as linhas das suas palavras. A fé dos povos obtém-se, não através de discursos sabiamente compostos, mas pela graça da vocação divina. […]…

15º Grito dos Excluídos: Vida em primeiro lugar: a força da transformação está na organização popular

Na semana que antecede o dia 7 de setembro, feriado da Independência do Brasil, tradicionalmente a Comissão Episcopal Pastoral rara o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), com a participação de Movimentos Sociais, Pastorais Sociais e Movimentos Populares realizam o Grito dos Excluídos. Neste ano…