O vinho novo da verdadeira alegria – São Máximo de Turim (?-c. 420) bispo Homilia 23; PL 57, 274

Dia 07 de janeiro de 2019 – Segunda-feira depois da Epifania Cor Litúrgica: Branco Primeira Leitura (1Jo 3,22-4,6) Leitura da Primeira Carta de São João: Caríssimos: 22 qualquer coisa que pedimos recebemos dele, porque guardamos os seus mandamentos e fazemos o que é do seu agrado. 23 Este é o seu mandamento: que creiamos no…

Um senhor ainda tentou evitar a tragédia, avançando sobre o assassino. Mas Augusto Peixoto estava decidido e, ameaçou de morte quem ousasse se aproximar: Beata Lindalva Justo de Oliveira, Religiosa, Mártir (1953-1993), celebrada hoje, 07, roga por todos nós!

Lindalva nasceu em 20 de outubro de 1953, no pequeno povoado Sítio Malhada da Areia, município de Açu, Rio Grande do Norte. Filha do segundo matrimônio de João Justo da Fé (viúvo) e Maria Lúcia da Fé, de cujas núpcias nasceram 12 filhos. Lindalva, a sexta filha do casal, já dava sinais de uma especial…

«Viram o Menino com Maria, sua Mãe, e, prostrando-se diante dEle, adoraram-nO» – Santo Afonso-Maria de Ligório (1696-1787) bispo, doutor da Igreja Meditações para a oitava da Epifania, n.° 1

Solenidade da Epifania do Senhor – Ano C – Domingo, 06 de janeiro de 2019 Cor: Branco   Primeira Leitura (Is 60,1-6) Leitura do Livro do Profeta Isaías: 1 Levanta-te, acende as luzes, Jerusalém, porque chegou a tua luz, apareceu sobre ti a glória do Senhor. 2 Eis que está a terra envolvida em trevas,…

Desejoso de entregar-se ao isolamento e à oração, construiu uma coluna de 28 metros de altura, no topo da qual se refugiou. Daquele lugar insólito pregava, convertia pecadores e dava orientação a pessoas quem de muito longe iam procurar seus conselhos, inclusive imperadores e reis: Santo Simeão, o estilita (+ Síria, 459), celebrado hoje, 05, roga por todos nós!

Praticou penitências espantosas, daquelas que a Igreja propõe mais à admiração do que à imitação dos fiéis. Desejoso de entregar-se ao isolamento e à oração, construiu uma coluna de 28 metros de altura, no topo da qual se refugiou. Daquele lugar insólito pregava, convertia pecadores e dava orientação a pessoas que de muito longe iam…

«Vereis o Céu aberto e os Anjos de Deus subindo e descendo»: São Narsés Snorhali (1102-1173) patriarca arménio «Jesus, Filho único do Pai», 85-95

Dia 05 de janeiro de 2019 Sábado Antes da Epifania  Côr Branco Primeira Leitura (1Jo 3,11-21) Leitura da Primeira Carta de São João: Caríssimos: 11 Esta é a mensagem que ouvistes desde o início: que nos amemos uns aos outros, 12 não como Caim, que, sendo do Maligno, matou o seu irmão. E por que…

Num curto espaço de tempo perdeu os pais, o marido e todos os numerosos filhos, um a um. Mas, ao invés de esmorecer, uma mulher forte e confiante nasceu daquela sequência de mortes e sofrimento, cheia de fé em Deus e no seu conforto espiritual: Santa Ângela de Foligno (+ Itália, 1309), padroeira das viúvas e protetora da morte prematura das crianças, celebrada hoje, 04, roga por todos nós!

De família abastada, foi casada e teve vários filhos. Entregou-se às vaidades do mundo até que, ficando viúva e tendo perdido sucessivamente os filhos, converteu-se ingressou na Ordem Terceira de São Francisco e passou a levar vida de penitência. É considerada uma das maiores místicas da História da Igreja. A história de Santa Ângela, conta…

Seguir o Cordeiro de Deus – São Gregório de Nazianzo (330-390) bispo, doutor da Igreja Discurso Teológico 4

Dia 04 de janeiro de 2019 1ª Sexta-feira – Tempo do Natal Côr: Branco   Primeira Leitura (1Jo 3,7-10) Leitura da Primeira Carta de São João: 7 Filhinhos, que ninguém vos desencaminhe. O que pratica a justiça é justo, assim como ele é justo. 8 Aquele que comete o pecado é do diabo, porque o…

«Aquele […] é que batiza no Espírito Santo» – São Jerônimo (347-420) presbítero, tradutor da Bíblia, doutor da Igreja Sobre Isaías, cap. 11

Dia 03 de janeiro de 2019 5ª feira do Tempo do Natal antes da Epifania Santíssimo Nome de Jesus, Memória facultativa Côr: Branco   Primeira Leitura (1Jo 2,29–3,6) Leitura da Primeira Carta de São João: Caríssimos: 29Já que sabeis que ele é justo, sabei também que todo aquele que pratica a justiça nasceu dele. 3,1…

Na liturgia antiga, no domingo entre a Oitava do Natal e a Epifania, a Igreja, ornada de paramentos brancos, costumava celebrar a festa do Santíssimo Nome de Jesus. Hoje, reduzida à categoria de memória facultativa, esta festa se pode celebrar no dia 3 de janeiro: Santíssimo Nome de Jesus, celebrado hoje, 03 – Memória facultativa

Na liturgia antiga, no domingo entre a Oitava do Natal e a Epifania, a Igreja, ornada de paramentos brancos, costumava celebrar a festa do Santíssimo Nome de Jesus. Hoje, reduzida à categoria de memória facultativa, esta festa se pode celebrar no dia 3 de janeiro, e nela se recorda, como já então se fazia, o…

«A voz que clama no deserto» – Beato Guerric de Igny (c. 1080-1157) abade cisterciense 4.º sermão para o Advento

Dia 02 de janeiro de 2019 Santos Basílio Magno e Gregório Nazianzeno, Bispos e doutores da Igreja – Memória Côr: Branco   Evangelho segundo São Lucas 21,25-28.34-36: Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas e, na terra, angústia entre as nações, aterradas com o rugido e…

Hoje, recordamos três nomes e três amigos em Cristo Jesus. Reconhecidos como luminários da Capadócia, região da Turquia, são eles: Gregório, seu irmão de sangue, São Basílio Magno e o amigo São Gregório Nazianzeno. Dois irmãos de sangue, três grandes amigos em Cristo Jesus: São Basílio Magno, celebrado hoje, 02, roga por todos nós!

Hoje, recordamos três nomes e três amigos em Cristo Jesus. Reconhecidos como luminários da Capadócia, região da Turquia, são eles: Gregório, seu irmão de sangue, São Basílio Magno e o amigo São Gregório Nazianzeno. Dois irmãos de sangue, três grandes amigos em Cristo Jesus. São Basílio Magno nasceu de uma família santa que buscava testemunhar,…