Todo ano, ela passava o Dia de São Bartolomeu em oração, pois, dizia: “este é o dia das minhas núpcias eternas”. E assim foi, até morrer no dia 24 de agosto de 1617. O seu sepultamento parou toda a cidade de Lima: Santa Rosa de Lima (1586-1617), celebrada hoje, 23, roga por todos nós!

Você está aqui: