Convertei-vos e crede no Evangelho. Por Dom Rafael Biernaski

A profecia de Isaías nos encanta porque exprime a realidade profunda daquilo que somos: povo em caminho, mergulhado em trevas e luz. E na noite do Natal, enquanto o espírito das trevas envolve o mundo, renova- -se a surpreendente maravilha: “Hoje vos nasceu na cidade de Davi um Salvador, que é o Cristo Senhor” (Lc 2,11). Assim também na história pessoal há momentos luminosos e escuros, luzes e sombras. Amando a Deus e aos irmãos, estamos na luz; mas se o nosso coração está centrado em nós mesmos prevalece o orgulho, e então há trevas em nós e não acertamos o caminho. Só o Senhor é nossa Luz e Salvação.

Por isso, na noite do Santo Natal, como um raio de luz clara e serena, o anúncio do Apóstolo ressoa em toda a terra: “Manifestou- se a graça de Deus, que traz a salvação para todos os homens” (Tt 2,11). Grande alegria que enche o mundo de esperança. A Palavra está no meio de nós! A graça, a misericórdia e a ternura do nosso Bom Deus são manifestadas em Jesus, nascido da Virgem Maria, verdadeiro homem e verdadeiro Deus, anunciado pelos profetas e esperado com amor. Ele entra na nossa história, Amor feito carne, caminha conosco, “habita entre nós”, Emanuel, Deus conosco. Veio para nos libertar das trevas e nos dar a luz, pois “Deus é luz, e n’Ele não há nenhuma espécie de trevas” (1Jo 1, 5).

Esta é a festa da alegria do Evangelho: Deus nos ama tanto que nos deu o Seu Filho único como nosso irmão, para ser o nosso Redentor. E nos diz: “Não tenham medo” (Lc 2,10)! Ele é paciente e bondoso, cuida de cada um com amor de predileção, acolhe e perdoa sempre. Ele é a Misericórdia. Vem a nós o Deus da vida, para nos ensinar a entrar na vida dos irmãos com a Boa Nova que dá sentido e esperança. Com os pastores, os últimos que se tornaram primeiros na adoração, colocamo-nos em silêncio diante do Menino, Príncipe da Paz, Conselheiro Admirável. Com eles, agradecemos a Deus Pai por nos ter dado Jesus. Abençoados Natal e Ano Novo para todos!

O Senhor é nossa Luz e Salvação. Por Dom Rafael Biernaski

A profecia de Isaías nos encanta porque exprime a realidade profunda daquilo que somos: povo em caminho, mergulhado em trevas e luz. E na noite do Natal, enquanto o espírito das trevas envolve o mundo, renova- -se a surpreendente maravilha: “Hoje vos nasceu na cidade de Davi um Salvador, que é o Cristo Senhor” (Lc 2,11). Assim também na história pessoal há momentos luminosos e escuros, luzes e sombras. Amando a Deus e aos irmãos, estamos na luz; mas se o nosso coração está centrado em nós mesmos prevalece o orgulho, e então há trevas em nós e não acertamos o caminho. Só o Senhor é nossa Luz e Salvação.

Por isso, na noite do Santo Natal, como um raio de luz clara e serena, o anúncio do Apóstolo ressoa em toda a terra: “Manifestou- se a graça de Deus, que traz a salvação para todos os homens” (Tt 2,11). Grande alegria que enche o mundo de esperança. A Palavra está no meio de nós! A graça, a misericórdia e a ternura do nosso Bom Deus são manifestadas em Jesus, nascido da Virgem Maria, verdadeiro homem e verdadeiro Deus, anunciado pelos profetas e esperado com amor. Ele entra na nossa história, Amor feito carne, caminha conosco, “habita entre nós”, Emanuel, Deus conosco. Veio para nos libertar das trevas e nos dar a luz, pois “Deus é luz, e n’Ele não há nenhuma espécie de trevas” (1Jo 1, 5).

Esta é a festa da alegria do Evangelho: Deus nos ama tanto que nos deu o Seu Filho único como nosso irmão, para ser o nosso Redentor. E nos diz: “Não tenham medo” (Lc 2,10)! Ele é paciente e bondoso, cuida de cada um com amor de predileção, acolhe e perdoa sempre. Ele é a Misericórdia. Vem a nós o Deus da vida, para nos ensinar a entrar na vida dos irmãos com a Boa Nova que dá sentido e esperança. Com os pastores, os últimos que se tornaram primeiros na adoração, colocamo-nos em silêncio diante do Menino, Príncipe da Paz, Conselheiro Admirável. Com eles, agradecemos a Deus Pai por nos ter dado Jesus. Abençoados Natal e Ano Novo para todos!

Campanha da Evangelização 2018 – O que é? Qual a sua mensagem?

Na preparação para a celebração do Natal, o tempo do Advento é marcado pela espera da chegada do Messias. No Brasil, este tempo litúrgico ganha especial motivação com a reflexão e o aprofundamento do compromisso dos fiéis e das comunidades com a missão da Igreja de Evangelizar propostos pela Campanha para a Evangelização (CE), promovida…

Porque o Advento: Significado, Origem, Comemoração

Continua atual um artigo escrito pelo Padre Mauro Sérgio da Silva Isabel, EP, por isso mesmo, vamos transcrevê-lo: -Todos os grandes eventos exigem uma preparação. Por isso, a Igreja instituiu, na Liturgia, um período que antecede o Natal: o Advento que, ao longo da história da Igreja, tomou diversas formas. Advento Receber uma visita é…

19ª Assembleia Diocesana

Mais de 200 pessoas participaram do encontro para planejar as diretrizes evangelizadoras para 2019 Formação de leigos e leigas e fortalecer a Leitura Orante em todos os espaços pastorais da Diocese de Blumenau foram os desafios lançados na última Assembleia Diocesana, realizada em 2017. Durante todo este ano a Diocese trabalhou para alcançar os objetivos propostos. A avaliação…

Pequenas comunidades. Por Dom Rafael Biernaski

O mês de novembro tem início com a Celebração dos fiéis defuntos: “A vida dos justos está nas mãos de Deus. E eles estão em paz” (Sb 3,1.3). E ao contemplarmos a “multidão em vestes brancas, lavadas no sangue do Cordeiro” (Ap 7,9.14) na Solenidade de Todos os Santos e Santas, celebramos a graça universal salvadora de Deus e os valores do Seu Reino. Também neste mês as Paróquias e Comarcas preparam suas avaliações do ano de 2017, contribuindo para a preparação da 18ª Assembleia Diocesana de Pastoral. Um tempo para avaliar, celebrar e propor ações para o ano que logo terá início.