«Agora, Senhor […], deixarás ir em paz o Teu servo» – São Cipriano (c. 200-258), bispo de Cartago e mártir

Você está aqui: