Reflexão para o 6º Domingo do Tempo Comum: “Confiar em Deus para ser feliz, Ele é a nossa segurança”

Padre César Augusto – Cidade do Vaticano A primeira leitura nos fala de quem é feliz em optar por confiar em Deus e da infelicidade e frustração daquele que confia no Homem. Confiar em Deus supõe muita fé e, ao mesmo tempo, um coração que use a memória e a inteligência para verificar o quanto…

Bem-Aventuranças, linguagem intelegível e projeto de vida absurdo para a mentalidade de hoje – Liturgia Diária da CNBB

6º Domingo Do Tempo Comum 17 de Fevereiro de 2019 – Cor: Verde Evangelho – Lc 6,17.20-26 Bem-aventurados os pobres. Ai de vós ricos. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 6,17.20-26: Naquele tempo: 17 Jesus desceu da montanha com os discípulos e parou num lugar plano. Ali estavam muitos dos seus discípulos…

Sete Providencialmente, Deus, em sua misericórdia, foi suscitando vários santos como verdadeiros caminhos da fé e da felicidade, como os sete santos de hoje que fundaram a Ordem dos Servos de Maria. Eles pertenciam ao grupo de burgueses, até que foram se aproximando de um grupo de oração que se reunia com uma imagem de Nossa Senhora e ali oravam: Santos fundadores da Ordem dos Servitas, celebrados hoje, 17, rogai por todos nós!

Deram um passo de radicalidade; abandonaram o luxo e foram viver uma vida monástica Interessante percebermos o contexto do surgimento desta ordem. No século XII e XIII, predominava uma burguesia anticristã na vivência, porque dizer que é cristão, que é católico, não é difícil, mas vivenciar e testemunhar o amor a Cristo, à Igreja e…

Convertei-vos e crede no Evangelho. Por Dom Rafael Biernaski

A profecia de Isaías nos encanta porque exprime a realidade profunda daquilo que somos: povo em caminho, mergulhado em trevas e luz. E na noite do Natal, enquanto o espírito das trevas envolve o mundo, renova- -se a surpreendente maravilha: “Hoje vos nasceu na cidade de Davi um Salvador, que é o Cristo Senhor” (Lc 2,11). Assim também na história pessoal há momentos luminosos e escuros, luzes e sombras. Amando a Deus e aos irmãos, estamos na luz; mas se o nosso coração está centrado em nós mesmos prevalece o orgulho, e então há trevas em nós e não acertamos o caminho. Só o Senhor é nossa Luz e Salvação.

Por isso, na noite do Santo Natal, como um raio de luz clara e serena, o anúncio do Apóstolo ressoa em toda a terra: “Manifestou- se a graça de Deus, que traz a salvação para todos os homens” (Tt 2,11). Grande alegria que enche o mundo de esperança. A Palavra está no meio de nós! A graça, a misericórdia e a ternura do nosso Bom Deus são manifestadas em Jesus, nascido da Virgem Maria, verdadeiro homem e verdadeiro Deus, anunciado pelos profetas e esperado com amor. Ele entra na nossa história, Amor feito carne, caminha conosco, “habita entre nós”, Emanuel, Deus conosco. Veio para nos libertar das trevas e nos dar a luz, pois “Deus é luz, e n’Ele não há nenhuma espécie de trevas” (1Jo 1, 5).

Esta é a festa da alegria do Evangelho: Deus nos ama tanto que nos deu o Seu Filho único como nosso irmão, para ser o nosso Redentor. E nos diz: “Não tenham medo” (Lc 2,10)! Ele é paciente e bondoso, cuida de cada um com amor de predileção, acolhe e perdoa sempre. Ele é a Misericórdia. Vem a nós o Deus da vida, para nos ensinar a entrar na vida dos irmãos com a Boa Nova que dá sentido e esperança. Com os pastores, os últimos que se tornaram primeiros na adoração, colocamo-nos em silêncio diante do Menino, Príncipe da Paz, Conselheiro Admirável. Com eles, agradecemos a Deus Pai por nos ter dado Jesus. Abençoados Natal e Ano Novo para todos!

Campanha da Fraternidade 2019

A Campanha da Fraternidade é uma campanha realizada anualmente pela Igreja Católica Apostólica Romana no Brasil no período da Quaresma. A cada cinco anos é promovida de forma ecumênica em conjunto com outras denominações cristãs. Seu objetivo é despertar a solidariedade dos seus fiéis e da sociedade em relação a um problema concreto que envolve a sociedade brasileira, buscando caminhos de solução. A cada ano…

O nosso pastor dá-Se a Si próprio em alimento – São João Crisóstomo (c. 345-407) presbítero de Antioquia, bispo de Constantinopla, doutor da Igreja Homilia 82 sobre o Evangelho segundo São Mateus, 5

Sábado da 5ª Semana Do Tempo Comum – 16 de Fevereiro de 2019 – Cor: Verde   Evangelho – Mc 8,1-10 Comeram e ficaram satisfeitos. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 8,1-10: 1 Naqueles dias, havia de novo uma grande multidão e não tinha o que comer. Jesus chamou os discípulos…