Santa Ângela de Foligno, padroeira das viúvas e protetora da morte prematura das crianças, celebrada hoje, 04, roga por todos nós!

A história de Santa Ângela, considerada uma das primeiras místicas italianas, poderia ser o roteiro de um romance ou novela, com final feliz, é claro. Transformou-se de mulher fútil e despreocupada em mística e devota, depois literata, teóloga e, finalmente, santa. A data mais aceita para o nascimento de Ângela, em Foligno, perto de Assis…

«Caindo de joelhos, prostraram-se diante dele» -São Bernardo (1091-1153), monge cisterciense, doutor da Igreja

Dia 04 de janeiro de 2015 – EPIFANIA DO SENHOR, solenidade Na Diocese de Blumenau, 15º aniversário de criação da Diocese – Ano da Missão Diocesana Evangelho segundo S. Mateus 2,1-12: Tinha Jesus nascido em Belém da Judeia, nos dias do rei Herodes, quando chegaram a Jerusalém uns Magos vindos do Oriente. Onde está – perguntaram…