O duque percebeu que o jovem militar, além de bom militar, era muito bondoso e caridoso. Por causa disso o manteve na Corte. Mais tarde, quando soube da morte de seus pais, Serapião decidiu ficar na Áustria. Com os militares do duque, seguiu para a Espanha, para auxiliar o exército cristão do rei Afonso III, que lutava contra os invasores muçulmanos. Quando chegaram, os invasores já tinham sido expulsos: Santo Serapião (1179-1240), celebrado hoje, 14, roga por todos nós!

Você está aqui: